Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Tese e antítese


Claramente, tudo me escureceu.
Do virtual e do presencial: tua quase ira
me lançou à ventania.
Já é noite, estou só, que alegria?
A amiga que me contradiz, não gosta
do que eu gosto de fazer,
apenas por fazer...
brincando!

Os partidos se partem, querida,
e o mais belo entre nós é a vida
que dispomos para discutir esse mesmo mundo mal
e assombrar a maldade dos homens
que moram bem próximos de nós dois.

Boa noite.
Mas não te despeças de mim em tempo algum,
pois há outra coisa entre nós dois
que me alimenta: tua mansidão
e o meu advento de ser teu um dia.

Boa noite sem mais delongas...
Boa noite, até o outro dia.
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 20/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras