Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Contrato para viver


O cérebro de minha alma visitou meu corpo ileso.
Há tantas tolices neste mundo em que acreditamos,
pelas quais lutamos,
como se em nossos olhos morasse nossa consciência.
Amar! Por que amar tanto na vida?
quando separo a alma do corpo, amo sob duas medidas:
uma sã, outra contratada.
Contrato-me, pois, a amar com as duas
e por isso fiz este poema quase desfeito,
cheio de palavras, e conceitos e defeitos,
que talvez poucos os achem nele.
Minha voz está nas entrelinhas a gritar bem alto.
Não sou eu quem falo, lembrem-se, fiz um contrato...
A vida é um pó de amor solto no vento,
acha-se o que dele no corpo bate,
o que dele na alma fica.
Eu te amo, meu amor do mundo,
Tu, minha alma, meu corpo, minha vida!
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 19/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras