Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Inusual discurso



Inusual palavra tua boca oferta
qual navalha incerta, afoita e desonesta,
afeita a desatinos...

Há um discurso!
Rego as raízes das palavras.
Calo-me diante de teu desamor,
por outros, já enamorada,
como se nosso passado houvesse desistido de existir.

Há um coração magoado!
Tomba diante do descaso do teu,
antes só meu, mas que volta e meia
volta a machucar.

Inusual palavra essa tua que,
sem boca e nua, quase crua, me provoca,
como se o meu amor fosse alguma coisa
alguma troca inusual também,
tecido para se esquecer.
E entre frases sem palavras nós nos esquecemos
no torpe desalinho de nossos sentimentos,
como inusual amor que quis morrer...

Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 02/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras