Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Ela e eu( A flor e a dor)
Amar, esse nem tão cruel exercício de dor,
que amarra a alma,
fere o coração
e, que quando se é ferido ainda mais se ama.

Tu és a maior dor que já tive.
Sangraste minha sedução,
amarrastes meu corpo como se fora ele apenas teu...
és a palavra doce que já posso ouvir em mim.

Doí-me na alma sentir-te triste,
diferente....
como se nunca mais quisesses a gente juntos para sempre,
mesmo no lugar onde o sempre fosse apenas o agora.

Retiro-te do teu jardim florido,
dou um passo até teu mais profundo abismo,
amo-te na cadência dos meus mais puros sentimentos...
repito, te digo que te amo tanto que,
o futuro chega-me a ser o mais fiel passado presente!

Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 18/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras