Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Minha desmusa


De novo, olho o céu e vejo a lua...
ó musa linda, tão bela quanto
a outra musa minha, quase desmusa,
ainda toda dela, nada minha.
Cheio de esperança enxergo a linda
lua cheia no céu.
Meu coração dispara,
lembro a farra acesa
de todos os sentimentos
que não me deixam esquecê-la.
Há, sim, o que desejo nessa lua
que, linda, imensa e quase nua,
enche meu peito de poemas
e a alma da mais pura poesia.

A desmusa vira a musa
e como a lua, novamente na rua,
chega-me pelas brechas da janela
como uma linda mulher sem querer ser
a mais amada do poeta
ter seus sentimentos sempre em festa,
ser só minha sendo outra lua!
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 25/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras