Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Rapunzel sem tranças...



Ouço tua canção preferida
e minha dor volta
tropeçando numa paixão.
Há festa?
Meus desejos passam pela lembrança
viram uma Rapunzel sem tranças,
traz você pra mim.

Luze, sem céu nem estrelas.
A lua é só minha hoje.
Amanhã trocaremos beijos soltos,
quem sabe abraços apertados,
olhares cheio do fogo de um velho e louco amor.

Tua dor me chega alegre
porque não sou triste, nem sou pobre.
Meu espírito possui grandes esperanças
mesmo que sejas também, como meus desejos,
uma Rapunzel sem tranças,
mas me desejes.

Me beija, solta teu veneno...
é disso que sobrevivo para poder ser
teu rei!


Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 26/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras