Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Poemas aos meus filhos




Minha filha possui a metade da beleza
do meu mundo.
Meu filho completa o vaso cheio de flores,
almiscaradas flores, belas como ela,
Lindas como ele.
Há nesses amores outros indecifráveis,
amores que não morrem nem me maltratam.
Quando os olho, meus olhos se perfumam,
meu coração se engradece,
não há lágrimas de tristeza,
instantes onde nascem minhas mais puras preces.

Do outro lado do meu amor moram os amores de vocês,
amores que aprecio dentro e fora das indiferenças
nas tempestades das palavras...
em nossas mais maravilhosas cenas de discórdias.

Há dos dois lados de mim
os amores de vocês. Beijo-os agora
na força mansa deste poema de amor aos filhos
sem que necessite dizer porque meus olhos brilham
quando me lembro dos olhos de vocês e improviso
estes versos de amor e de afagos.

Que seja assim nossas amizades
e que nesta vida, mesmo que eu morra e saudade
morrei por amor aos dois
e que esse amor não fique para depois,
mas que eu os sinta agora em toda essa doce saudade.




Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 30/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras