Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

Mágoas...



A vida me compõe de partes desiguais,
Iguais às diferenças que se reencontram
fora e dentro de mim,
porque eu sou assim...
a carne dos meus ossos e a água do meu corpo
escorregadio e assombroso,
cheio do cheiro dos meus desejos
como um caranguejo no mangue
à porta de casa,
e o que me assombra me esconde
e o que não me machuca, bem me trata.
Se minha vida for longeva,
ai do que não fizer meu pensamento
entre choros e gargalhadas,
porque o meu mote é a estrada
e o meu vício é a poesia.
Por onde andar hei de encontrar
os versos murmurando, estrofes sorrindo
poemas cantando
o que nem sempre há somente em mim,
mas nos outros que trago comigo
feito abrigo manso para cegos
que tudo ouvem.
Prefiro ignorar certos sabores da vida
do que morrer mil vezes
e sentir a dor, sem fim, do mundo!




Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 09/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras