Paulino Vergetti  Neto_escritor

Meu_Tear Literário_

Textos

O Trem das Rosas...






Sinto em teus beijos que o amor me envolve,
que teu corpo me aceita,
que meu coração te acalma.

Chegastes como um doce furação,
cheio de incertezas e de emoção...
cantando uma medrosa valsa, linda da esperança.

Meu corpo te respondeu com amplo sorriso
e penetrou teu corpo oferecendo orgasmos lindos
e mais que tudo, em nós, se transformou num anjo.

Far-te-ei feliz até morrer também de felicidade
e deixar-te outro mundo cheio de saudades
e esperar-te no além, além da maior esperança.


Acredito em teu abraço de nossas madrugadas
quando olhas em meus olhos e achas tua estrada
e eu já aportado te seguro às mãos para te ver descer
do trem que em todo o alvorecer
faz-nos botões de rosas já desabrochados.


Amo-te como se  meu amor próprio, o foste,
por isso dar-te-ei o meu melhor negócio:
amar-te pelo nosso amor, como se fôssemos
eternos mestres e amantes de verdade!


Poema inédito (19/06/2019)
Paulino Vergetti
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 19/06/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras